Auto da Barca do Inferno

Auto da Barca do Inferno (c. 1517), de Gil Vicente, representa o juízo final católico de forma satírica e com forte apelo moral.

O cenário é uma espécie de porto, onde se encontram duas barcas: uma com destino ao inferno, comandada pelo diabo, e a outra, com destino ao paraíso, comandada por um anjo.

Ambos os comandantes aguardam os mortos, que são as almas que seguirão ao paraíso ou ao inferno.

A Palavra "auto" é uma designação genérica para peça, pequena representação teatral. Originário na Idade Média, o auto era inicialmente de caráter religioso.

Depois, tornou-se popular, para distração do povo. Foi Gil Vicente (c. 1465 – c. 1537) o autor desta obra visceral que introduziu esse tipo de teatro em Portugal.

Ficha Técnica do Espetáculo:

1º Elenco:

Christiane Carvalho

Beth Medeiros

Mary De Paula

William Esteves

Vania Moreira

Fred Justen

Nathan Cardoso

Luciane Fortunatto

Fabio Branco

2º Elenco:

Christiane Carvalho

Beth Medeiros

Mary De Paula

Renata Garcia

William Esteves

Cintia Mello

Fred Justen

Nathan Cardoso

Luciane Fortunatto

Renato de Resende

Texto: Gil Vicente

Direção: Fabio Branco 

Cenário: Mary de Paula

Pinturas (Cenário): Fabio Carvalho 

Figurinos: Renata Pedro

Designer Gráfico: Alexandre Branco 

Operação de Som: Sandro Kapps

Iluminação: Fabio Branco

Produção: Bony Ribeiro e Renata Garcia

     Ano de Produção: 2009

Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno

 2020 Satura Cia. de Teatro. Todos os direitos reservados. 

  • w-facebook
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon